10646965_559874954135696_7695390290099390019_n

O José Igor é um querido, autor e amigo via redes sociais. Já conversamos nas mais diversas ocasiões falando de literatura pelos inbox do Facebook até altas horas. Minha maior surpresa foi conhecê-lo pessoalmente na Bienal do Livro São Paulo deste ano, onde ele foi autografar o meu livro.

E qual não foi a minha surpresa quando, esta semana, ele me mandou uma opinião muito querida sobre a história de Ana. Vamos conferir?

O que dizer dessa história onde a Vingança soa como um troféu? Ana era uma garota ingênua, mas possuía uma força extrema dentro de si, que só seria revelada após encontrar um homem, o qual daria para amaldiçoá-lo todos os dias de sua vida!

Seu passado não lhe trazia boas recordações, amorosamente falando e também familiarmente. Em busca de mudança, ela se torna independente, mas o destino decide ser cruel com ela.

“O que você seria capaz de fazer por vingança?”, o autor te questiona. E digo: será que você consegue chegar ao “nível” da guerreira Ana?

Amizades. Amores. Decepções. Traições. Mortes. Crueldade. Muito sangue e Vingança. O livro todo está recheado com tudo isso e faz você roer as unhas aflito!

Danilo Barbosa consegue te levar a questões cruéis. Brinca com seus sentimentos e te faz torcer por justiça! Você se pega amaldiçoando os monstros os quais os homens podem se tornar, e deseja sujar as próprias mãos em prol de Ana.

Mas acreditem, ela não precisa dessa ajuda, pois ela, “[…] para conseguir seus objetivos, não teria limites: iria mentir, enganar, seduzir e trair… Sem remorsos ou pena daquele que um dia julgou amar”, ou seja, Ana se torna uma bela Arma de Vingança, e você não pode deixar esta história passar sem se deliciar com suas conquistas!

Com cenas dignas de adaptação para o cinema, Danilo mexe com profundidade no íntimo de cada personagem, revela a crueldade que existe nos humanos e todos os seus doentios pensamentos, mas em contrapartida, nos dá um tapa na cara, e mostra o quanto o ser humano é forte e supremo quando se trata de atingir os objetivos, por mais dolorosos que possam ser.

Autor nacional digno de aplausos!
Deixo registrado os meus parabéns ao Danilo Barbosa, por sua fantástica criação!
Vingue-se junto a Ana! Leia, recomendo muitíssimo!

Deixe uma resposta