A morada da vingança

Seja bem-vindo ao meu reino

Onde o melhor é servido frio

E a sua dor é minha inseparável companheira.

Aqui, você vai sentir

Cada uma das carícias que não me retribuiu,

Cada beijo meu que não sentiu,

E todas as vezes que te procurei

E não obtive resposta.

Em cada canto meu

Você vai arder de desejo

Sem nunca ser saciado.

Afinal, se sangrei

Machuquei

Sofri

Chorei

Por que você também não?

Bem-vindo seja,

Ao meu reino de Vingança.

Onde as noites são cada vez mais escuras…

One thought on “A morada da vingança

Deixe uma resposta